Araquari é selecionada para participar da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

27/06/2022 09:52

Araquari foi uma das 17 cidades catarinenses escolhidas pelo Ministério da Saúde para realizar um estudo para identificar as condições da saúde bucal da população. O levamento faz parte da terceira edição do SB Brasil, Pesquisa Nacional de Saúde Bucal, que vai contemplar ao todo 422 municípios do país. A primeira fase terá início nesta quarta-feira, 29, com trabalho de campo das Agentes Comunitárias de Saúde (ACS).

O levantamento epidemiológico vai se basear na coleta de dados socioeconômicos, por meio de questionário, e da avaliação da saúde bucal com um exame físico de pessoas de cinco grupos, com idades de 5 anos, 12 anos, 15 a 19 anos, 35 a 44 anos e 65 a 74 anos. Na análise, também será verificado agravos bucais como prevalência de cárie dentária, doença periodontal, problemas ortodônticos, além de necessidade e urgência de tratamento odontológico e de próteses dentárias

“Com esses dados vamos conseguir planejar quais serviços precisamos ofertar e onde o Ministério da Saúde deve investir mais”, explica a coordenadora de Saúde Bucal, Heloisa Godoi.

Ainda segundo ela, a participação de Araquari no mapeamento será importante para conhecer melhor a saúde bucal dos moradores do município. “Teremos dados para argumentar, por exemplo, sobre a água tratada e fluoretada, sobre necessidade de ampliar os tipos de procedimentos que oferecemos dentro daquela lógica de municípios pequenos do estado”, completa.

Ao todo, 500 famílias devem ser visitadas em uma região específica do loteamento São José, no bairro Itinga. Na primeira etapa, as ACS passarão de porta em porta para convidar a população para a pesquisa e coletar os dados socioeconômicos, por meio de questionário. Heloisa destaca a importância dos moradores participarem da pesquisa.

“A participação é importante para conhecermos a saúde bucal da população de municípios de pequeno porte, traçar estratégias e melhorar a saúde bucal da população”, conta “Dessa forma, podermos ofertar serviços melhores para os moradores”.

O levantamento do Ministério da Saúde terá início neste mês em municípios do interior do estado. A pesquisa também ocorre nas capitais dos estados, as quais já iniciaram o levantamento. Em Araquari, os trabalhos terão apoio técnico da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que fará os cálculos e amostras, e da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que dará suporte no estado com as capacitações.

 

Download das fotos em alta resolução
Carregando