Araquari assina convênio de R$ 20 milhões para retomar obras de hospital; licitação deve ocorrer no 2º semestre

Assinatura ocorreu na manhã desta quarta-feira, 30 de março. Processo licitatório para retomar as obras do hospital está previsto para o segundo semestre de 2022
30/03/2022 15:33

A Prefeitura Araquari assinou nesta quarta-feira, 30 de março, por meio do Plano 1000 do governo do Estado, o convênio de R$ 20 milhões para retomar as obras do hospital municipal. A cerimônia de assinatura foi realizada em Florianópolis e contou com a presença do governador Carlos Moisés e do secretário de estado da Saúde, André Motta.

O contrato foi assinado pelo prefeito Clenilton Carlos Pereira, que destacou a importância do Plano 1000. Para Araquari, o projeto liberou cerca de R$ 40 milhões. “Além dele (Plano 1000) nos permitir tirar dois grandes projetos do papel, a assinatura é um desfecho muito importante não só para a nossa cidade, mas também para uma região inteira”, disse.

A segunda obra que ele cita é a pavimentação da rua João Luiz Filho, que liga as BRs 280 e 101. O projeto prevê a pavimentação de 11,8 km e ligará o Centro do município ao bairro Rainha, onde serão investidos cerca de R$ 27 milhões. Como o novo acesso, o tempo de acesso à BR-101 poderá ser feito em 15 minutos. O processo de licitação será aberto em abril e a previsão é de que as obras tenham início ainda neste ano.

Já a previsão para início das obras de conclusão do novo hospital ainda é incerta, informou a Secretaria de Planejamento Urbano – Seplan. Ainda segundo a pasta, o Termo de Referência e o edital de licitação dos projetos complementares serão lançados na próxima semana. Nesta etapa, a proposta original passará por ajustes para atender às especificidades do setor de saúde da Região Metropolitana de Joinville (RMJ), a qual Araquari também faz parte.  “Vencida essa fase, lançamos o edital para contratar a empresa que fará as obras de conclusão do hospital”, explica o secretário da Seplan, Jaime Gregianin.   

No total, o local terá 7 mil metros quadrados de área construída, abrangendo 100 leitos de internação, 10 leitos de UTI, cinco salas cirúrgicas, Centro de Diagnóstico por Imagem, Laboratório de Análises Clínicas, Centro de Especialidades e Pronto Atendimento 24 horas (UPA). Segundo Jaime, 25% de toda a obra já foi executada.

O evento de assinatura contou ainda com a presença da secretária municipal da Saúde, Tânia Eberhardt, do secretário de Administração, Hermes Defaveri, do secretário de Governo, Comunicação e Desenvolvimento, Londry Turra, do procurador-geral, Guilherme Luizão Marques, dos vereadores Neuzir Elio Machado, Sidinei Xavier e Elizandro de Souza e demais autoridades. 

Download das fotos em alta resolução
Carregando