Secretaria de Agricultura fornece subsídios para produtores de maracujá como incentivo ao cultivo da fruta

Por Jaqueline Ronsani
22/05/2020 13:27

Considerada a Capital Catarinense do Maracujá, Araquari conta com 31 produtores atuando com o plantio do fruto, que rendeu esse ano uma safra de 624 toneladas. O melhor resultado de produção já obtido na cidade, oriundos de 47 mil maracujazeiros. E o objetivo da Secretaria de Agricultura e Pesca é aumentar essa produção dentro do município, ao apresentar uma oportunidade de renda com o cultivo.

“Nós estamos passando por um período muito difícil com essa pandemia e muitas vezes, em meio às dificuldades e crises existe uma saída. Temos produtores no município com muitas áreas desocupadas que poderiam ser utilizadas para o plantio do fruto. O cultivo do maracujá é uma oportunidade de renda”, comenta a secretária Cornélia Soares Hugen. 

Segundo ela, o município também fornece alguns incentivos para facilitar a cultura do fruto. “Nós fornecemos o subsídio de 50% das mudas aos produtores, 50% do adubo, auxílio técnico e nossos maquinários estão à disposição do agricultor”, explica. 

De acordo com a secretária, muitos produtores têm terra e não sabem o que fazer com ela. Com o plantio de mil pés, já é possível obter uma renda de aproximadamente R$ 4 mil por mês. “O maracujá é uma fruta que pode ser cultivada entre safra. Existe um período mais intenso de cuidado, mas é uma fruta com a colheita no verão, que é um período mais difícil para outras culturas”.

O maracujá é a terceira fruta mais consumida no Brasil. O Estado de Santa Catarina ocupa lugar de destaque como o segundo maior produtor nacional da fruta e a região Norte, onde se encontra Araquari é a segunda colocada na produção Estadual.

Em 2019 o município tinha 30 produtores e atingiu 485,3 toneladas do fruto. Em 2018 eram 32 produtores e a produção chegou a 400 toneladas e em 2017, também com 32 produtores, o município registrou 607 toneladas. A expectativa da safra para 2021 é de 900 toneladas. 

 O cultivo do fruto é uma oportunidade de renda para muitas famílias como a de Joni Ricardo Gonçalves que percebeu um nicho de mercado e resolveu investir nele. Joni produz hortaliças hidropônicas, mas resolveu se capacitar e investir na produção de mudas de maracujá. 

“Quando tivemos a ideia de entrar nesse nicho, procuramos informação, fizemos alguns cursos de capacitação e demos início ao cultivo. Esse ano vamos fornecer 45 mil mudas de maracujá para os produtores de Araquari e plantar 800 pés para vender os frutos e reaproveitar as sementes”, comenta. 

Para ele, os incentivos oferecidos pela Secretaria de Agricultura são muito importantes para os produtores. “O agricultor tem à disposição várias máquinas e a Secretaria cobra uma taxa mínima de uso. Temos trator, perfurador e rotativa. Subsidiar 50% das mudas aos produtores é sem dúvida um grande incentivo. É um diferencial que o município oferece e ajuda muito quem quer entrar nesse ramo do cultivo de maracujá”.

As mudas fornecidas aos produtores, com o subsídio da Secretaria de Agricultura e Pesca são consideradas “mudões”, pois têm medidas acima de um metro. São plantas com a precocidade nos frutos, onde iniciando o plantio em agosto será possível fazer a colheita em dezembro. Os “mudões” também reduzem as chances da planta adquirir viroses. 
 
Os interessados em cultivar a fruta podem entrar em contato com a Secretaria de Agricultura e Pesca: (47) 3447 7754.

Download das fotos em alta resolução
Carregando