“Menino Caranguejo” é atração confirmada na 4ª edição da Festa do Caranguejo de Araquari

Por Secretaria de Governo e Comunicação
24/01/2017 13:46
Ele é um super-herói que surgiu nos quadrinhos, em Joinville, com o objetivo de proteger os manguezais da região e a fauna local. O “menino caranguejo” criado pelo artista Chico Lam já conquistou crianças e adultos de várias cidades e também já visitou algumas escolas de Araquari, fazendo muito sucesso entre os pequenos. 
 
Ele, seu criador e a equipe do Instituto Caranguejo que foi instituído a partir do projeto dos almanaques do “Menino Caranguejo”, como uma forma de tornar mais oficial a captação de apoiadores, estarão presentes no sábado, 4 de fevereiro, à partir das 10h, na 4ª edição da Festa do Caranguejo de Araquari.  
 
Durante o evento, haverá uma palestra, às 10h30 sobre os trabalhos desenvolvidos pelo Instituto, por meio do super-herói que com sua garra de caranguejo conscientizou muitas pessoas sobre as consequências das ações humanas nos manguezais. “O menino caranguejo é um excelente personagem e nosso desejo trazendo ele e seu criador para a 4ª edição de nossa festa, é realmente disseminar entre as crianças, jovens e adultos essa conscientização sobre a importância da preservação ambiental”, comenta o secretário de Turismo, Lazer e Esportes, Paulino Sérgio Travasso. 
 
Além da palestra, o público que estiver presente no sábado (4), ainda terá a oportunidade de receber alguns dos almanaques que serão distribuídos gratuitamente por Chico Lam, ou mesmo, comprar o livro “Caranguejo”, em capa dura que estará à venda até às 17h, no local da festa. O livro custa R$40, tem aproximadamente 200 páginas e traz a coleção completa dos almanaques já publicados. Os valores de venda serão repassados para os projetos desenvolvidos pelo Instituto. 
 
Conheça o Menino Caranguejo
 
Ele surgiu no mangue, fez tanto sucesso que resistiu ao tempo, completando agora em 2017, 20 anos de história. “O menino Caranguejo nasceu em 1997, por meio de um projeto de conclusão do curso de Design e a ideia era ser um super-herói que representasse o manguezal”, explica o artista e designer, Chico Lam. 
 
Segundo ele, o projeto ainda levou um tempo para se tornar um almanaque, mas, assim que o primeiro foi publicado, conquistou o público dos quadrinhos e também alguns prêmios muito importantes para a área. “A gente só conseguiu sentar e criar o primeiro quadrinho para ser publicado em 2007, após 10 anos da criação do personagem. Essa publicação foi possível por meio do Sistema Municipal de Apoio à Cultura de Joinville (SIMDEC), no qual fomos contemplados”, diz. 
E a partir desse momento, o personagem também ganhou destaque nas escolas joinvilenses, se estendendo para outras cidades. “O menino caranguejo começou com essa ideia de preservação do manguezal e então passou, não só a trabalhar a questão ambiental, mas, a questão lúdica em volta da arte, da literatura e fez essa transição dentro das disciplinas”.
 
Quanto aos seus super-poderes: “Ele era um catador de caranguejo e acabou encontrando no mangue uma garra que o salvou e também se tornou sua fonte de energia”, comenta Chico. Assim, o menino e o mangue ficaram conectados.
 
O primeiro quadrinho impresso, ainda independente, rendeu dois prêmios de relevância nacional: o 20º troféu HQ MIX, que é o Oscar dos quadrinhos, na categoria Melhor Publicação Independente de Autor de 2007 e o 24º Prêmio Angelo Agostini, em 2008, na categoria “Melhor Lançamento de 2007”.
 
Outras informações sobre o projeto você encontra no site: http://www.caranguejo.org.br/
 
O que: Participação de Chico Lam e o Menino Caranguejo na 4ª Festa do Caranguejo de Araquari
Quando: 4/1, das 10h às 17h.
Local: rua Portinho João Arriola, Centro de Araquari
 
Contato Imprensa: 
Jaqueline Ronsani
Gerente de Comunicação
Prefeitura de Araquari
(47) 3447 7838 | (47) 8462 5506
comunicacao@araquari.sc.gov.br
 
Download das fotos em alta resolução
Carregando